Porque sem ele, não teríamos saído da Idade da Pedra. Com amor, respeito e opinião tudo se resolve, tudo evolui...

30
Abr 06

Nestes dias que tanto se fala em Médio Oriente, Faixa de Gaza, Israel e atentados bombistas, decidi vasculhar as coisas de quando andámos na escola e encontrei este texto, escrito pela minha esposa, ao qual acrecentei uma imagem (cartoon) que encontrei na web:

É assim que se perdoa em Israel/Palestina

"Perdoar é cada vez mais um acto de amizade e amor nos tempos que estamos. Em todo o mundo acontecem diáriamente fomes e guerras. Nós que nos encontramos num mundo em que os inimigos são mais que os amigos, ou pelo menos, verdadeiros amigos, o PERDÃO é possivelmente um dos maiores actos de humanidade, quem souber perdoar, certamente é alguém com sentimentos nobres. Neste mundo onde o perdão já não se usa, nós, quem ainda acredita na magia dessa palavra, tem de fazer alguma coisa para que o PERDÃO seja de novo um acto presente no coração de cada um."

 

Isto escrito há alguns anos, quando ainda não se falava sistematicamente no problema Israel/Palestina e nós nem sequer sabíamos a história pela metade.

Palavras certas, escritas por uma leiga  nestas matérias, mas tão certas para se lhes dizerem.

publicado por Alvaro Faustino às 20:00
sinto-me: com fé de um final feliz

27
Abr 06

Ora bem, acabar ainda não acabou, mas já fez toda a teórica. Falo da minha esposa, que finalmente acabou o curso de Educadora, agora iniciou o estágio na Casa da Criança em Vila do Conde. Ela está muito feliz por ter conseguido os seus objectivos e eu estou também, por ela ter conseguido. Há quase ano e meio que ela ficou desempregada e inscreveu-se num daqueles cursos que o Fundo de Desemprego tem, lá conseguiu entrar neste e agora iniciou o estágio. Depois deste nosso sacrifício , principalmente financeiro porque só eu a ganhar para a casa é dose, esperamos que consiga colocação no instituição onde está a fazer o estágio. As crianças, essas já se identificaram com ela, falta agora que os superiores também o façam.

Posso dizer que as nossas vidas estão nas mãos das crianças. E nada melhor que a sinceridade e as palavras das crianças para nos alegrar e ter esperança. Mas a minha esposa a contar-me o dia de hoje, aqueles olhos brilhantes, tal como uma criança quando recebe uma prenda, a maneira de falar, tão carinhosa, a contar como são as instalações, as crianças e as colegas de trabalho. Fantástico.

Depois disto tudo, lá entrou á baila o nosso filho, que ainda não temos (por isso é que entrou á baila), lá vou eu ter de fazer o projecto, ou então pedir à cegonha que nos traga um. Mas para isso acontecer, terá de encontrar um emprego, o qual, tenho a esperança, que consiga no fim do estágio.

A todos os que nos ajudam, o nosso muito obrigado.

publicado por Alvaro Faustino às 23:32
sinto-me: fffeeellliiizzz

24
Abr 06

Mais uma vez viu-se o estado do futebol português, se é que poderemos chamar de futebol. O que se passou em Penafiel, no fim de semana passado, foi uma autêntica vergonha para o futebol. Nesse dia, não se comemorou a vitória do campeonato, por se ter mostrado melhor equipa ou por terem jogado melhor futebol. Festejou-se sim, a que melhor enganou e simulou durante uma partida. O Porto não ganhou o campeonato nesse dia, por ter jogado melhor, mas sim, por ter sido a melhor a enganar. Sem falar na permissividade, ao deixar-se entrar assim, uma enchurrada de adeptos por duas vezes num campo de futebol.

Isto não é, de todo. dignificante para o futebol português. Falando agora de uma maneira geral, já que todas as equipas usam estas tácticas, incluíndo a minha, terá de haver uma mudança brusca e a curto prazo na maneira como decorre uma partida de futebol.

Se houver alguém com poder para tal, que leia isto, eu proponho a formação de um "tribunal de futebol" independente que possa decidir e multar estas e outras atitudes que vemos semana após semana na televisão e nos estádios. Assim esse "tribunal" analisava as imagens dos jogos e quando semelhante acontece-se a equipa seria eliminada e multada.

Não é justo para todas as outras equipas, que se esforçam para permanecer no campeonato, muitas vezes sem os orçamentos milionários que abundam no futebol e para os adeptos que pagam um balurdio por um bilhete para ver um jogo no estádio, defrontar-se com semelhante palhaçada. Para isso ficavam em casa a ver o "Circo das Celebridades" ou o "Fiel ou Infiel". Pelo menos aqui ainda não pagam entrada.

Por isso, enquanto isto continuar, veremos os nossos estádios às moscas e os dos espanhóis e restantes cheios até à rolha, entrando rios de dinheiro nos seus cofres e com preços de bilhestes acessíveis para todos. Continuamos com a mesma mentalidade de querer ganhar muito com poucos a comprar.

publicado por Alvaro Faustino às 19:39
sinto-me: aborrecido como o caraças

21
Abr 06

Coloquei  pela raridade e beleza do animal

publicado por Alvaro Faustino às 12:49

18
Abr 06

Ah pois são.

 Eles provavelmente nem tiveram direito a subsídio de férias, coitadinhos. Afinal o país anda mal, não me admirava nada. E quantos deles estão cheios de medo e pressões, por causa dos patrões, que os ameaçam com falências e idas para o desemprego. Muitos deles, provavelmente, até têm os salários em atraso vários meses, e até trabalham de sol a sol com um salário de miséria, que nem dá para atestar o depósito dos carritos utilitários que usam, para poderem vir trabalhar. Quanto mais para pagarem os estudos dos filhos em escolas públicas e sem condições, as prestações da pequena casita que possuem num pequeno bairro pobre da cidade, atestar a pequenita dispensa da casita com o essencial para o dia a dia, sem grandes quantidades de comida, pois os amigos se quiserem ir lá comer, que tragam de casa deles, porque a vida está cara. Para pagar as consultas do Centro de Saúde, com médicos que parecem mais com carniceiros, sem higiene e salubridade, lá do bairro.

Eles só quiserem tirar uns dias de descanso, pois como pode comprovar aquando da minha visita ao Parlamento, aquilo lá é um cheiro a suor que não se pode. Até tive de usar máscara devido ao intenso aroma sedurífero, emanado pelas axilas de semelhante gente. Tive pena e a partir daí digo, para mim mesmo: Não Irei Ser Deputado Deste País. E depois, andam sempre com a polícia atrás deles, ainda por cima. Já não bastava os patrões e agora, também têm a policia sempre atrás deles. É uma vida triste.

 

 

Agora a sério:

Ide trabalhar, cambada de malandros, que depois ainda têm a lata de dizer que os portugueses são preguiçosos e pouco produtivos, que gozam de muitos dias de fárias e poucas horas de trabalho. Cambada de aldrabões que vêm o povo, sem dinheiro e ainda dizem que recebem pouco, estando eles sentados numa cadeira a dormir o dia todo.

Havia de vir um Bin Laden e arrebentar com aquela merda.

publicado por Alvaro Faustino às 21:13
sinto-me: muito zangado, muito mesmo
música: Last Tour On Earth

13
Abr 06

Entramos, já desde o Carnaval, nas festividades da Páscoa, óptima oportunidade para reflectir no que significa esta quadra. E não venham com as histórias do ??coelhinho e dos ovos??. Até porque, são duas coisas que não combinam uma com a outra, coelhinhos e ovos, mais um caso de americanices ".

 Falo sim, do significado moral, histórico e filosófico. Antes, devo dizer que não sou católico, embora tenha sido baptizado como tal, melhor, não acredito no Deus que a Igreja quer impingir. Prefiro acreditar no Meu Deus, porque acredito em algo superior, algo criacionista , digamos. A Páscoa serve para ponderar a nossa vida e a maneira como a levamos, antes de acreditar em quer que seja, devemos acreditar em nós mesmos. Não estejamos á espera de milagres por parte de um Pai, que ao ver um Filho sofrer, não o ajudou. O próprio Filho, no leito da morte, questionou o Pai o porquê daquele sofrimento, pois ele sabia que a humanidade não merecia que alguém morresse por ela. Nem pelos próprios amigos, que foram os primeiros a traí-lo e a abandoná-lo.

Vai haver pessoas que me vão "crucificar" pelo que vou dizer: O Deus que vocês acreditam é injusto e sádico. A verdadeira Paixão de Cristo era a vida, não a morte.

Acredito em Cristo, como homem de bem, mas que quis fazer o impossível .

 Acredito em Cristo, tal como acredito em mim, que é possível um Mundo melhor.

Mas não vai ser a Fé que o tem de fazer, teremos de ser nós.

 Basta acreditar em nós mesmos.

PÁSCOA FELIZ PARA TODOS

publicado por Alvaro Faustino às 21:35
sinto-me:

12
Abr 06

Cultural? Nem por isso, aquilo de ir ao Circo das Celebridades foi tempo perdido. Convidam vários grupos, apenas para que encham o recinto, caso contrário, aquilo ficaria ás moscas. Não há público como havia para os outros programas do mesmo tipo. Mas podiam dar um tempo de antena: - "e tivemos a presença do grupo dali e do rancho de acolá". Assim é que devia ser.

Mas enfim, ao menos valeu a pena para ver como é o trabalho para um programa em directo, quem vê na televisão, não imagina o sistema de trabalho que tem por detrás. É impressionante ver tantas câmaras de TV num espaço tão pequeno, sim, porque aquilo é minúsculo.

 

publicado por Alvaro Faustino às 10:41

09
Abr 06

Olá amigos, a esta hora não estou muito inspirado. Estou cansado, vim agora de um jantar bem servido e de uma noite bem passada com os meus vizinhos do andar de baixo. Boa gente, graças a eles vou conhecendo artistas de música portugueses, assim do tipo Emanuel e Tony Carreira. É porreiro, mas para a próxima calha cá em casa e portanto o trabalho é meu. Ou melhor, da minha mulher, mas ajudo no que posso.

Por outro lado, amanhã tenho uma deslocação ao estúdio da TVI, onde transmitem o programa "Circo das Celebridades", não que esteja ansioso de conhecer aquele ser andrógeno que é o Castelo Branco, mas apenas porque integro o Grupo de Danças e Cantares de Modivas e devido a isso, lá terei eu de ir dar a conhecer a cultura da minha terra. Os sacrificios que não faço em prol da cultura.

Por isso, vou dormir um pouco, tenho muitas horas de camioneta e muitos quilómetros de auto-estrada pela frente e ainda tenho de carregar o traje do grupo e o saco da merenda. AH pois, é que isto de viajar pelo país em eventos culturais dá fome, não que o programa seja um evento cultural, mas dá para fazer uma publicidade gratuita ao grupo, o que não é mau. Só de pensar já me está a dar a fome, lá vou eu fazer o "Assalto ao Frigorifico 3".

Bom fim de semana, eu depois conto como correu.

publicado por Alvaro Faustino às 02:45

06
Abr 06

                  

Todos nós, fumadores ou não, sabemos que fumar faz mal à saúde (e à carteira), mas alguma vez parámos para pensar o que é um cigarro? Vai daí, decidi procurá-las. Conheça agora, algumas das substâncias tóxicas que existem num cigarro:

  • Acetona - remove a tinta de esmalte.
  • Terebintina - diluente de tinta e óleo.
  • Monóxido de carbono - gás tóxico que impede o sangue de transportar oxigénio.
  • Alcatrão - usado para fazer estradas.
  • Formol - usado para conservar cadáveres.
  • Naftalina - afasta e mata as traças.
  • Amoníaco - desinfecta azulejos e o chão.
  • Fósforo P4</a> e P5</a> - Usado na produção de veneno para ratos.
  • Nicotina - alcalóide responsável pela dependência física.

Depois de ver estas substâncias, ainda bem que deixei o tabaco. Mas graças à acetona, à terebintina e ao amoníaco estou limpo e desinfectado. Com o monóxido de carbono contribuí para a poupança de oxigénio. Com o alcatrão sou útil para construir e reparar estradas. Estou bem conservado com o formol. Graças à naftalina não tenho traças à minha volta. E tenho trabalho em part-time como "mata ratos" com o fósforo P4</a> e P5</a>. No meio destas substâncias todas, não encontrei uma que afasta-se as melgas da minha volta. Tudo isto é a brincar, na verdade estou satisfeito, embora ainda, não limpo. Só por daqui a 10 anos, dizem os entendidos. No meio desta química toda, só a dependência física e social é que custa, mas também quebra. Que remédio.

                                

Nesta busca de informação, encontrei igualmente uma curiosidade que me deixou alertado. Todos nós deverão conhecer aqueles rebuçados redondos e brancos, embrulhados em papel vermelho, conhecidos como "Flocos de Neve".

Pois bem, uma das substâncias usadas na sua produção é: Hidróxido de Titânio. Quanto ao hidróxido, tudo bem, agora com o titânio? Hidróxido de titânio é responsável pela cor branca do dito rebuçado e é igualmente utilizado no fabrico de tintas. Por isso, da próxima vez que forem ao supermercado comprarem destes rebuçados e estiverem esgotados, não desesperem, comprem uma lata de tinta que o efeito é o mesmo.

Afinal, o que andamos nós a comer?

publicado por Alvaro Faustino às 10:42

05
Abr 06

Um tornado em Portugal? Já não bastou aquele susto com o Vince, que felizmente não chegou a afectar muito o nosso país, vem agora um tornado em Peniche. E forte, capaz de derrubar um autocarro. Aquela noite quente, afinal tinha outra intenção. Mas tornados sempre houve, agora assim fortes, para mim foi a primeira vez.

Cada vez estamos mais "americanados", já se fala mais inglês do que português, já tivemos um furacão, invadimos o Iraque, estamo-nos a borrifar para o Protocolo de Quioto, temos a ameaça da Al Quaeda e agora um tornado à boa maneira americana. Bolas, só falta o Bush mandar cá.

 

 

 

 

É verdade, já manda. Em nós e no resto do mundo.

publicado por Alvaro Faustino às 11:51

Abril 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
14
15

16
17
19
20
22

23
25
26
28
29



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
comentários recentes
eu preciso trabalho se houver eu arrisco,,melhor q...
Boa tardeGostaria de tentar a minha sorte por lá t...
tem trabalho para mim moro no luxembourg mas gosta...
Ola alguém me pode ajudar a ter trabalho para ai p...
Que bom para si Ana. Pena não ter reparado na data...
Eu estou na holanda .Não trabalho porque não quero...
procuro trabalho na Holanda em estufas de flores p...
Gostaria de trabalhar em estufas na Holanda poi em...
quala é a empresa?
Boas, sou estudante e procuro trabalho no verão na...
blogs SAPO