Porque sem ele, não teríamos saído da Idade da Pedra. Com amor, respeito e opinião tudo se resolve, tudo evolui...

23
Out 06

Mais uma vez, vem aí um referendo sobre o aborto. Pergunto para quê? Afinal já foi realizado um em 1998. Será necessário tornar a fazer um outro referendo, quando o partido no Governo, sendo uma maioria, poderia legislar sobre isso sem consultar ninguém. Afinal fechou as maternidades e as urgências dos hospitais sem consultar o povo. Ou será uma manobra para encher os cofres do estado à custa dos internamentos nos hospitais, uma vez que essas taxas também irão subir? Sinceramente não entendo o porquê. Mas aproveito para lançar o desafio.

Está de acordo com a interrupção voluntária da gravidez até ás 10 semanas, sendo esta feita em estabelecimentos de saúde autorizados para esse efeito?

publicado por Alvaro Faustino às 00:52

18
Out 06

É a música que o nosso ministro anda a ouvir, digo eu. Tudo a subir. Ele é o imposto sobre os combustíveis , a factura da electricidade, imposto sobre os imóveis, SCUT's que vão deixar de o ser, principalmente na minha zona. Venha o diabo e escolha. Iremos passar mais um ano a apertar o cinto, mas tomem atenção, pois os cintos já não terão muito espaço para fazer buracos.

E nem de propósito, vem hoje uma notícia publicada no JN, referente a um inquérito feito em Espanha em que a pergunta era a seguinte: Gostariam de ver Portugal anexado a Espanha?

Resultados: mais de 40% das respostas, muito perto mesmo dos 50%, são a favor dessa anexação. Em Portugal apenas pouco mais de 20% estão de acordo. Da maneira que isto anda, posso dizer que faço parte desses vinte por cento.

Sempre foi a favor de uma Constituição Europeia, um óptimo alicerce para garantir a criação de uma grande nação neste velho continente. Afinal de contas, tudo o que se faz neste país tem de ser comunicado a Bruxelas e vice-versa. Neste momento, tirando alguns países que agora entraram para o grupo, somos os últimos em tudo mesmo. Tirando algumas excepções, que se tem de tirar o chapéu, mas que são financiadas pela Europa , nada mais se faz de bom em Portugal. Mesmo alguns novos países que só agora entraram, têm um PIB maior que o nosso.

Viva as EXPO's e estádios do europeu, viva as OTA's e TGV's para que os ricos possam passar rapidamente por todos os focos de pobreza e assim não se deram conta da miséria do país ou simplesmente não ligarem.

Como se poderá competir com países em que o ordenado é sei lá quantas vezes superior ao nosso, mas os seus preços são imbatíveis . Como explicar que com a liberalização dos preços dos combustíveis , estes aumentem em vez de diminuir, levando a que tudo o resto aumente para suportar os gastos com o transporte. E agora mais a electricidade a sofrer um aumento na ordem dos 16% e ainda por cima dizendo que a culpa é nossa. É a politica do quero, posso e mando e o resto que se lixe.

Agora reflectindo um pouco, talvez o senhor tenha razão em tais palavras, ao dizer que a culpa é nossa. Realmente temos a culpa pelo aumento da electricidade, pois precisamos dela no nosso dia a dia. Os combustíveis ? Igual, precisamos deles para nos deslocarmos para o trabalho. A diminuição das quantidades de oxigénio na atmosfera? A culpa é nossa, pois necessitamos dele para respirarmos. Cada vez mais, torna-se mais fácil tomar "A Decisão".

E não digo mais nada, vou desligar o pc , senão ainda dizem que a culpa é só minha...

publicado por Alvaro Faustino às 22:24
sinto-me: leve

16
Out 06

Eis que surgiu perante os meus olhos, uma noticia que me despertou verdadeiramente a atenção.

"Sem emprego e perspectivas, uma italiana de 30 anos fartou-se de enviar currículos e, através de um blog, fez uma proposta tentadora às empresas transalpinas: uma noite de sexo em troca de um contrato de trabalho fixo em que ganhe 1200€ por mês. Apenas uma semana depois do anúncio, a jovem tinha mais de dois mil comentários na sua página e contava com cerca de 140 mil visitas. Algumas empresas do Vaticano já lhe fizeram propostas, mas pediram em troca, que a jovem acabasse com a página na Internet."

Embora tenha encontrado esta noticia numa daquelas revistas chamadas cor-de-rosa que costumo usar quando estou na salinha de leituras, despertou-me a atenção. É uma realidade, não só no nosso país, mas igualmente em muitos outros. E eis que surge num momento da minha vida em que brevemente irei tomar uma decisão em relação à minha vida. O meu Dia D (de decisão) aproxima-se, pois a situação no meu país está igual, ou pior, que o desta mulher de 30 anos.

publicado por Alvaro Faustino às 00:12
tags: ,

09
Out 06
Agora que o Verão acabou e que estou nesta casa há cerca de 4 anos sem nunca de semelhante ter acontecido, aparece -me uma situação a que poderemos chamar de praga doméstica.
FORMIGAS.
Milhares de formigas apareceram de um dia para o outro pelos cantos da casa. Armado em detective Barata, lá andei eu toda a tarde de Domingo a tentar descobrir por onde entravam estes pequenos animais. O pequeno insecto entrava pela janela de um quarto da frente. Quero assinalar que moro num 1º andar e os insectos vinham do jardim, subiam pelas paredes, entravam pela janela através dos pequenos buracos das calhas por onde a água das chuvas é escoada, percorriam o quarto por debaixo do rodapé, seguiam pelos corredores e finalmente chegavam à cozinha, onde até já andavam a explorar os cimos das bancas. Mas como é possível conseguirem semelhante proeza, até porque a cozinha até é limpinha, com açúcares e doces devidamente acondicionados em frascos fechados e sem migalhas e restos espalhados pelo chão. Enfim uma verdadeira praga.
Devido a isso, procurei pela net qualquer informação que me pudesse ser útil para combate-las. E encontrei o seguinte:
Existem dois tipos de controlo, o químico, e o que poderemos chamar de, caseiro. O químico consiste em iscas atractivas micro granuladas, espalhadas em pequenas porções nos armários e locais de passagem, onde são atraídas e as levam para o ninho onde, eventualmente, acabará por matar toda a colónia, uma vez que os micros grãos são venenosos para elas. Depois temos o caseiro que consiste, na maior parte dos casos em misturas de detergentes com água. No caso de a colónia de situar num jardim, basta apenas jogar água a ferver nos ninhos. Caso seja dentro de casa, dentro de uma parede com abertura pelos azulejos, por exemplo, uma solução de 50/50 de água e detergente aplicada com uma seringa através das aberturas e tapa-las de seguida com parafina, sabão ou cimento,  eliminará o ninho. Caso voltem a aparecer, quer dizer que o ninho com a rainha não foi eliminado e terá que se repetir todos os procedimentos até atingir o ninho principal.
E existem também os repelentes, onde há igualmente os químicos e os caseiros. E foram estes que me despertaram a atenção. Poderá usar-se cravo-da-índia, folhas de louro e cascas de limão ou tangerina, que possuem óleos essenciais repelentes, pelos cantos e locais de passagem das formigas. Apenas é necessário fazer a troca de duas em duas semanas, para que o cheiro não se dissipe.
Agora, durante esta semana que hoje começa, vou andar armado de instrumentos para eliminá-las e talvez com algumas pastilhas para o estômago, pois devido à quantidade de tangerinas que terei de comer, talvez não ande lá muito bem dos intestinos.
AH pois não.                                                                                                  in www.jardimdeflores.com.br
 
publicado por Alvaro Faustino às 21:50
sinto-me: um caçador
tags:

07
Out 06

Como disse, neste último feriado, desloquei-me a Mirandela para assistir ao espectáculo da Força Aérea Portuguesa, realizado pelo grupo Rotores de Portugal. É que depois de todas as trocas e baldrocas lá na empresa, fez-me muito bem dar um passeio à bela cidade que é Mirandela e assistir a um tipo de evento que adoro. Deixo-vos com as fotos e o video, para que possam assitir comigo a um evento que mesmo para aqueles que não apreciam, não deixa de ser espectacular.

Estas foram algumas das fotos que eu e um primo e grande amigo tiramos no local. Deixo o video para o fim, pois acho muito demonstrativo da tarde que passamos. Aproveito para dizer que o video é da autoria desse meu primo, o qual leva para a Holanda uma grande recordação de cá.

 

publicado por Alvaro Faustino às 18:42

03
Out 06

Lá ando de novo a fazer trocas e baldrocas lá no emprego. Assim não consigo ter tempo para escrever aqui. QUERO FÉRIAS JÁ. Mas enfim, isto há-de passar. E se correr como correu o dia de hoje, já corre muito bem. Pode ser que neste próximo feriado vá até Mirandela ver o festival aéreo. É que uma das minhas paixões é a aviação e aproveito para assistir ao vivo a um destes festivais, desta vez a realizar em Mirandela a propósito da operação Zangão06 da Força Aérea Portuguesa. AH e visitar Mirandela também.

Agora, com pena minha, vou-me deitar, pois embora tenha chegado a casa por volta das 2:00, tenho que me por na empresa ás 8:00 da matina.

publicado por Alvaro Faustino às 02:10
sinto-me: zzzzzzzzzzzzzzzzz

Outubro 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
17
19
20
21

22
24
25
26
27
28

29
30
31


subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
comentários recentes
eu preciso trabalho se houver eu arrisco,,melhor q...
Boa tardeGostaria de tentar a minha sorte por lá t...
tem trabalho para mim moro no luxembourg mas gosta...
Ola alguém me pode ajudar a ter trabalho para ai p...
Que bom para si Ana. Pena não ter reparado na data...
Eu estou na holanda .Não trabalho porque não quero...
procuro trabalho na Holanda em estufas de flores p...
Gostaria de trabalhar em estufas na Holanda poi em...
quala é a empresa?
Boas, sou estudante e procuro trabalho no verão na...
blogs SAPO