Porque sem ele, não teríamos saído da Idade da Pedra. Com amor, respeito e opinião tudo se resolve, tudo evolui...

29
Jul 07

So isto que nos falta para regressarmos a Portugal, ja falta pouco e cada dia que passa falta ainda menos.

 

Hoje como tivemos um aniversario em nossa casa, decidimos dar uma voltinha a pe pela zona e encontramos um pequeno parque, tipo mini-zoo, onde coabitam pavoes, galinhas, coelhos e um animais muito engracados e queridos: quem nao se lembra do desenho animado chamados Bambi. Algumas dezenas deles, machos, femeas e pequenas crias todas juntas. Muito giro. Tambem sei que existe algures na cidade, um outro parque deste tipo, mas com cangurus. Mas ainda nao descobri onde e ao certo, muito embora ja tenha la passado uma vez.

 

Este fim de semana realizou-se uma parada de Carnaval, mas nao tenho fotos do evento porque fui trabalhar de manha e a tarde tivemos de ir fazer as compras para a semana. Tenho que me alimentar bem, para manter este corpinho maravilhoso.

 

Mas tambem para me meter no transito, uma vez que existia muitas ruas fechadas, com o tempo que por aqui faz, nao e uma coisa que me puxe muito. O de Portugal e muito melhor.

 

Esta semana acabamos mais uma estufa e para amanha vamos comecar outra, nao sei aonde, mas e provavel que seja um pouco longe, uma vez que vamos sair muito cedo de casa. Mas a anterior correu bem. Trabalhei sozinho num servico e o patrao gostou imenso. Para primeira vez, nao foi nada mau e ate rapido para primeira vez. Valeu a pena a suadela.

 

Agora ando a procurar bilhetes para o futebol. Quatro equipas: Standart de Liege, Liverpool, Feianord e FC Porto. Ja me falaram que arranjavam bilhetes para a claque do Feianord, mas como sou portugues, metido no meio da claque da equipa da casa, bastava o porto marcar um golo para nao ver o resto do jogo. E ao mais nao sou do porto. Era o que faltava apanhar um enxerto de porrada por uma equipa que nao era a minha.

 

Vou preparar-me para a janta, que a fome ja comeca a dar sinais. Despeco-me com a certeza de que a proxima vez que nos falarmos, ja faltara menos tempo.

publicado por Alvaro Faustino às 18:16

25
Jul 07

O relógio nao pára de andar e os dias vao passando e vai que nao vai, já só faltam quase quatro semanas. Sao contados dia a dia e cada vez me sinto mais perto de casa. Tirando a Segunda, que esteve um dia de temporal e fresco, os restantes dias têm estado fraquitos. Um Verao a fugir para o Outono\Inverno. Mas lá se vai gozando uns dias de Sol.

 

Estes dias, dava eu umas voltas pelo mercado de Roterdao e encontrei uma banca a vender umas máquinas fotográficas digitais e como gostei delas, decidi comprar uma para mim. Mais um cartao de memória, a brincadeira até que nem saiu muito cara. E agora é ver-me a andar por aí armado em paparazzi de máquina em punho a tirar fotos a tudo o que mexe ou está parado e sem vida. O que interessa é encher o cartao de imagens para mostrar a todos os que conheco, voces também irao ter direito. Mas ainda faltam quatro semanas para que isso aconteca.

 

Esta semana no trabalho, o meu companheiro de equipa entrou de férias e devido a isso, estou a trabalhar com outro. O resultado é que deixei as aulas de espanhol e comecei as de alemao, embora o meu companheiro de equipa também seja alemao, fala espanhol, uma vez que é casado com uma cubana e sempre é uma lingua que se entende melhor que o alemao ou o holandes. Mas já vou dando uns "toques" no holandês. Essa sim, tenho que aprender, pelo menos o básico. De resto com o inglês já vai dando para nos safarmos.

 

Por isso, tot morgen. E durmam bem. No fim de semana conto-vos mais coisas, uma vez que se vai realizar aqui o Carnaval de Verao. 

publicado por Alvaro Faustino às 20:58
sinto-me: tic tac, tic tac

15
Jul 07

Ando a contar os dias que faltam para o meu regresso a Portugal. 6 semanas e uma viagem de 2200 km é o que me separa do meu país. As saudades comecam a apertar de uma maneira dificil de suportar e o tempo tambem nao tem ajudado. Ora chove, ora faz sol. Isto no mesmo dia. A meteorologia nao anda nada bem por estes lados, até mesmo em relacao ás producoes de tomate a coisa anda mal. Mas vai dando sempre qualquer coisita. Gracas a Deus nao tenho esse problema, o meu trabalho nao é esse. O meu trabalho é andar a demolir as estufas.

 

Agora um desabafo em relacao a uma noticia lancada pelo Diário de Noticias á umas semanas atrás. Apenas quero dizer muito obrigado a essa jornalista pelas dificuldades que o seu artigo provocou neste país a todos os portugueses. Principalmente aos da minha empresa, eu incluído, pois agora somos vistos como problemáticos e arrogantes. É que o artigo que ela escreveu foi sobre a minha empresa, nao que as coisas sejam todas elas mentira, mas foram muito exageradas, muito mesmo. Deturpou muito a realidade de cá. Quem chega cá pela primeira vez, nao conhece o sistema de trabalho holandes e este é muito diferente do nosso, tem tendência a exagerar naquilo que realmente é. Isto faz-me lembrar o caso dos portugueses de outra empresa que supostamente passariam fome. Isto foi a noticia que passaram para Portugal, mas a realidade é que a maior parte deles tinha dinheiro mas gastaram tudo nos Koffies shops de cá. Fumar umas ganzinhas era sempre melhor que encher a barriga de comida para terem forcas para trabalhar.

 

É gracas a estas mentiras que os portugueses sao mal vistos e como alguns, como eu e a minha esposa, estao com vontade de fazer vida por cá, torna-se mais dificil lutar e sobreviver com estas mentiras que se contam de cá. Até para arranjar casa é mais dificil.

 

Mas falemos de outras coisas. Tenho visto e recebido noticias daí sobre a flexibilidade do trabalho. Pelo que vejo, esse sistema é o mesmo do de cá. Mas vou estudar e ler mais sobre o caso e depois falo seriamnete sobre isso.

 

Até lá, um grande abraco a todos e boa semana de férias ou trabalho.

Apenas quero deixar um pedido de desculpas, pela falta de acentos em algumas palavras, mas os teclados sao ligeiramente diferentes dos portugueses e nao tem alguns acentos. Por isso desculpem e nao fiquem a pensar que estou a perder a lingua portuguesa. O teclado é que está.

publicado por Alvaro Faustino às 17:48
sinto-me: a contar o tempo

Julho 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

16
17
18
19
20
21

22
23
24
26
27
28

30
31


subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
comentários recentes
eu preciso trabalho se houver eu arrisco,,melhor q...
Boa tardeGostaria de tentar a minha sorte por lá t...
tem trabalho para mim moro no luxembourg mas gosta...
Ola alguém me pode ajudar a ter trabalho para ai p...
Que bom para si Ana. Pena não ter reparado na data...
Eu estou na holanda .Não trabalho porque não quero...
procuro trabalho na Holanda em estufas de flores p...
Gostaria de trabalhar em estufas na Holanda poi em...
quala é a empresa?
Boas, sou estudante e procuro trabalho no verão na...
blogs SAPO