Porque sem ele, não teríamos saído da Idade da Pedra. Com amor, respeito e opinião tudo se resolve, tudo evolui...

11
Set 07

 

Pois bem caros bloguistas, hoje é o último dia em que vos escrevo de Portugal, amanhã estou de partida, mais uma vez, para a minha segunda casa. As férias acabaram, o bom tempo parece que também quer acabar, a ver pelas noites mais frescas dos últimos dias, enfim, tudo acaba.

 

Não vou sem antes dizer muito obrigado por mais uma vez, destacarem este nosso blog. É uma óptima prenda de despedida. Muito obrigado a todos. Quando voltar, trago-vos o Natal na mala. Tentarei que traga mais luz para este país belo e único e que nos faça mais felizes.

 

Um até breve espero eu, vemo-nos por aí, neste mundo que é a blogosfera .

publicado por Alvaro Faustino às 01:51
sinto-me: de partida

10
Set 07

Está a chegar aquilo que eu queria que demora-se mais tempo a chegar. O dia de voltar ao trabalho. As férias estão a acabar, terça-feira já volto para a Holanda para um dia a dia de trabalho. Eu sei que esta vida de férias e vida boémia não iria durar sempre, mas porra , poderia durar mais uns dias.

 

Mas lamentos aparte , antes de voltar ainda tenho umas fotos que gostaria de partilhar com todos. Todas elas foram tiradas nestes dias que passei de férias em Portugal. Não que tenha corrido o país de Norte a Sul, mas já deu para visitar alguns locais.

 

 

Como por exemplo, a nossa Veneza. A nossa linda cidade de Aveiro, com os seus canais pelo meio da cidade. Faz-me lembrar Roterdão e os seus canais.

 

 

Almoço em Nazaré e uma subida ao Sitio. Uma imagem que não me canso de rever sempre que lá vou.

 

 

Mosteiro de Alcobaça, onde muito sinceramente, já não me lembrava de visitar , mas também não tive muita sorte neste dia, pois estava a decorrer um casamento e não me deixaram visitar o interior. Enfim, Portugal e o seu Jet 7.

 

 

E claro, como não poderia deixar de ser, como todos os anos, uma ida de dois dias a Fátima onde já tive oportunidade de ver a nova cruz da nova basílica . Digamos que é moderna, agora se fica lá bem ou não, deixo ao vosso critério, quando a virem ao vivo.

 

 

Penso que o nome deste parque, situado em Coimbra, é Parque da Sereia, ou das Sereias. Bonito e tranquilo, tem é que se andar a subir e descer escadas e rampas para se poder visitá-lo.

 

 

Já tinha saudades de visitar este local, também em Coimbra. O Penedo da Saudade, com a sua vista para a cidade e o seu estádio municipal. Um grande investimento do país para as moscas. E algumas pessoas também.

 

 

Já na minha zona tive o prazer de passar uns belos dias à beira mar, com as nossas praias estendidas pelo meio das enseadas.

 

 

Mesmo na semana que cheguei decorreu um evento nas margens do Douro, entre Porto e Gaia, mas penso que não preciso de dizer o que foi.

 

 

O Red Bull Air Race . Prontos, disse-o na mesma.

 

 

Aviação. A minha segunda paixão (tenho que dizer que é a minha segunda, pois a minha esposa fica chateada se não fica em primeiro).

 

Mostro-vos agora imagens da cidade mais bonita que conheço e garanto-vos que conheço muitas. Vila do Conde.

 

 

 

Vista sobre parte da cidade.

 

 

Cidade que pela entrada Sul, pela ponte sobre o Rio Ave, nos recebe com esta imagem do Convento de Santa Clara.

 

 

Pormenor da fachada deste imponente monumento.

 

 

Pela entrada Norte, à saída da A28 , encontramos estes arcos que fazem parte do Aqueduto, construído com precisamente 999 arcos, que faziam o transporte de água para o Convento de Santa Clara.

 

 

Também pelo Norte, mas desta feita quem vem da Póvoa do Varzim, pela marginal, encontra esta igreja de arquitectura diferente. A Igreja do Senhor dos Navegantes. Construída em forma de barco, tanto por dentro como por fora e onde a sua planta a colocou de frente para o mar.

 

 

Os nossos Paços do Concelho e Câmara Municipal.

 

 

A velhinha Igreja Matriz, que neste momento se encontra em restauro e pelo que sei, é uma das mais antigas do país.

 

 

O forte de S. João Baptista mesmo entre o rio (pela esquerda) e o mar (pela direita e em frente).

 

 

Praça dos Descobrimentos. Zona nova da cidade, construída através do programa POLIS.

 

 

Pormenor do local. Sereia, o ser que os marinheiros temiam devido ao seu canto.

 

 

Penso que é o único local em Portugal que ainda tem estaleiros náuticos onde se construem os barcos em madeira. Aqui uma imagem do antigo local onde se relembra, mostra e ensina como se fazem os barcos com este material.

 

 

Local onde se construiu o mais recente cartão de visita. Uma surpresa para mim, que não estava à espera de encontrar esta Nau quinhentista atracada no novo cais em frente à antiga alfandega. Uma réplica fiel ás antigas naus usadas nos Descobrimentos.

 

 

Nem os pequenos pormenores foram esquecidos

 

Esta cidade ficará para sempre ligada aos Descobrimentos, pois era aqui que se produziam as velas usadas pelos nossos marinheiros. Daí ter nascido o gosto pelas rendas de bilros, outro ex-líbris da cidade.

 

Acreditem, quando tiverem oportunidade, visitem esta cidade. Vão ver que não se arrependem.

 

Um pequeno aparte, como o prometido é devido, aqui está a imagem que vos disse que colocaria: o pôr-do-sol visto lá de cima.

 

 

Uma foto que até a posso perder, mas nunca a esquecerei.

publicado por Alvaro Faustino às 00:05

Setembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
comentários recentes
eu preciso trabalho se houver eu arrisco,,melhor q...
Boa tardeGostaria de tentar a minha sorte por lá t...
tem trabalho para mim moro no luxembourg mas gosta...
Ola alguém me pode ajudar a ter trabalho para ai p...
Que bom para si Ana. Pena não ter reparado na data...
Eu estou na holanda .Não trabalho porque não quero...
procuro trabalho na Holanda em estufas de flores p...
Gostaria de trabalhar em estufas na Holanda poi em...
quala é a empresa?
Boas, sou estudante e procuro trabalho no verão na...
blogs SAPO