Porque sem ele, não teríamos saído da Idade da Pedra. Com amor, respeito e opinião tudo se resolve, tudo evolui...

23
Mai 09
imagem retirada da net
 
Hoje foi dia de loucura no que toca a gastar mais do que devia. Até porque não sou gastador e não costumo andar em lojas a ver roupas e coisas assim. Mas num saltinho que dei hoje ao centro da cidade e como o raio da paragem do tram é mesmo em frente á loja C&A , foi um pouco dificil passar despercebido aquilo que lá dentro se passava. Em letras bem grandes dizia o seguinte: 50% korting op alles. O que é mais ou menos em português: é entrar e comprar porque é quase de graça.
 
E a loucura interior dizia isso mesmo; roupa espalhada por todo o lado, sacas cheias, braços carregados com peças de roupa ao ponto de só se ver os olhos das caras das pessoas, a fila interminavel para as caixas de pagamento. Só tinha visto disto na televisão, nunca ao vivo e muito menos participar numa correria destas.
 
Tive de aproveitar e comprar umas roupas novas. E a esposa aproveitou logo o meu lanço para encher o guarda roupa com algumas peças. É que a data para ir a Portugal aproxima-se e é preciso começar a encher a mala, mas com roupa nova para andar todo janota. Ainda assim, já me precavi também para o próximo inverno, com alguma roupa mais quente. Casacos, sweats, cabeadas, vestidos, top´s, calças, tudo veio metido na sacola ao ponto de fazer doer os dedos e a mão com o peso de semelhante. Querem saber quanto?
 
100.82€ já com o desconto e com direito a cabides , caso contrário nem metade trazia. Por isso, a quem ler e  estiver próximo daqui e quiser aproveitar, não deixe passar muito tempo. Porque a limpeza, nestas coisas é rápida.
 
 
publicado por Alvaro Faustino às 17:45
sinto-me: consumidor

21
Mai 09

Hoje foi feriado por aqui, Hemelvaart como lhe chamam. Ao contrário do que tinha pensado e comentado, hoje não saí de casa. Estas semanas tenho andado esquisito, não sei porquê nem como, mas o certo é que ando diferente.

 

As coisas tem andado bem, tanto em relação a trabalho como com a cara metade, mas mesmo assim algo me perturba.

 

Temos andado em correrias para o hospital para realizar exames. Já á muito que ando para escrever sobre isto. Estamos bem de saúde, mas o problema é que a descendência está a custar a vir. Foi diagnosticado PCOS (síndrome de ovários poliquisticos, em holandês) á minha esposa, e talvez seja isso que me esteja a deixar assim. A nossa vontade de ter filhos é muita e eu ainda não absorvi isto muito bem. Talvez esteja mais desejoso que ela para ter filhos e no entanto foi por minha causa que fomos adiando constantemente a decisão. E agora por causa disso, a consequência está aí, talvez.

 

Entre faltas ao trabalho para comparecer ás consultas, até ao tardar de iniciar os tratamentos, tudo isto me tem deixado ansioso, talvez. As coisas, estas coisas deveriam ser simples, mas não o são.  Tal, me tem deixado sem vontade para aproveitar estes dias de folga que tem aparecido, o que é coisa rara neste país.

 

Ainda á pouco tempo, numa reportagem que passou na Sic sobre este assunto, verifiquei que existe muitas mulheres com este problema e que havia quem estivesse 5 anos em tratamento e sem efeitos duradouros. Eu não sei se conseguirei esperar tanto tempo. Sou uma pessoa que gosta de viver com certezas, com provas, com A+B e esta situação não me dá isso. Mas também sou paciente o suficiente para perceber que algumas coisas são mesmo assim. Nem tudo na vida é feito com certezas e sei que mesmo assim podemos viver com elas. Ou teremos de viver com elas...

 

Este meu estado irá mudar, sim. Tenho capacidade suficiente para entender estas coisas e sei que, de uma maneira ou outra, a vida tem de andar para a frente.

publicado por Alvaro Faustino às 17:14
sinto-me: esquisito

15
Mai 09

Um dia, que alguns ainda não esqueceram...

publicado por Alvaro Faustino às 18:45

03
Mai 09

A 30 de Abril comemora-se este dia, que não é exactamente o dia da Rainha em exercício, mas sim da sua mãe, já falecida, que nasceu a 30 de Abril de 1909. O dia que seria correcto para esta Rainha, a Beatrix, seria a 31 de Janeiro. Mas em maneiras de homenagem a sua mãe, deixou ficar o dia actual.

 

Embora este ano, o dia tivesse ficado marcado devido aos acontecimentos em Apeldoorn, onde um homem tentou acertar com o seu carro no autocarro onde a Família Real se deslocava, fazendo 6 mortes e 12 feridos entre os espectadores, incluindo o próprio condutor do veículo, a festa foi continuando até as notícias se espalharem por todo o país. E como tal, ainda fui gravando algumas coisas que foram acontecendo durante a tarde.

 

 

 

Desde a viagem de Tram até ao centro da cidade, onde se encontra a festa em si, passando pelos muitos grupos a tocar música de todo o mundo, a vender coisas antigas, outras novas com o mercado a ser feito em plena Coolsingel, a avenida do centro, onde se pode beber álcool nas ruas, fumar marijuana ou haxixe na via pública. Um dia de liberdades e algumas loucuras. É um dia como não há outro neste pequeno país europeu e onde nesta cidade de Roterdão se encontram todas as culturas do mundo na rua a festejar também um dia que, mesmo sendo típico holandês, não deixa de ser nosso igualmente.

publicado por Alvaro Faustino às 11:02
sinto-me: oranje
música: kate ryan - elle elle la

Maio 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
16

17
18
19
20
22

24
25
26
27
28
29
30

31


subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
comentários recentes
eu preciso trabalho se houver eu arrisco,,melhor q...
Boa tardeGostaria de tentar a minha sorte por lá t...
tem trabalho para mim moro no luxembourg mas gosta...
Ola alguém me pode ajudar a ter trabalho para ai p...
Que bom para si Ana. Pena não ter reparado na data...
Eu estou na holanda .Não trabalho porque não quero...
procuro trabalho na Holanda em estufas de flores p...
Gostaria de trabalhar em estufas na Holanda poi em...
quala é a empresa?
Boas, sou estudante e procuro trabalho no verão na...
blogs SAPO