Porque sem ele, não teríamos saído da Idade da Pedra. Com amor, respeito e opinião tudo se resolve, tudo evolui...

27
Out 09

Já é oficial. Os meus pais vem cá pelo Natal e Passagem de Ano. Bilhetes comprados e imprimidos. Depois das voltas que se deu para os conseguir, que bem que soube ligar-lhes hoje e dizer: façam as malinhas e tragam Pão Doce e Bolo Rei para o Natal. O resto é comigo.

publicado por Alvaro Faustino às 21:13

26
Out 09

Com estas mudanças de hora, anda todo esquisito. O amanhecer, o anoitecer, o comer, o acordar. Epá, haja pachorra.

publicado por Alvaro Faustino às 18:58

25
Out 09

 

Mais uma vez, tornamos a mudar a hora. Desta vez mudamos para o horário de Inverno. E uma vez mais faço a pergunta: será necessária esta dupla mudança anual nos ponteiros do relógio?

 

Continuo a achar que não. Estas mudanças foram introduzidas no tempo da Grande Guerra, porque nessa altura, a luz eléctrica era escassa e era necessário criar um sistema que permitisse aproveitar o máximo a luz natural pelo maior tempo possivel.

 

Hoje em dia, usam estas mudanças de hora, não só pela razão do aproveitamento da luz natural, mas também pela razão da poupança de energia. E é neste ponto que esta medida peca. Numa altura que tanto se fala em poupança e desperdicio de energia, apresentando as mais variadas medidas para poupanças, esta medida torna-se desnecessária. O grande consumo energético tem mais a ver com hábitos e sistemas do que propriemente com mudanças de uma hora duas vezes por ano.

 

O consumo de luz eléctrica e energia, tem a ver com nós próprios e não com mais ou menos horas de luz natural. Aquilo que se poupará com mais uma hora de luz solar durante o verão, gastámo-lo em refrigeração da habitação. O mesmo se passa durante o inverno, com os gastos em aquecimento, muitas vezes sem as casas estarem preparadas para as perdas de calor, sejam pelas janelas, portas, ventilações. Quantas empresas não terão, independentemente de ser inverno ou verão, luzes, ventilações e arcondicionado ligados durante 24 horas desnecessáriamente? Quantos de nós temos lampadas de baixo consumo e desligados da corrente aparelhos não operacionais? Quantos de nós terão desligados as tais luzes de standby dos aparelhos?

 

Mudança de hora para quê? Pergunto eu.

 

 

 

publicado por Alvaro Faustino às 12:58

18
Out 09

Dinsdag, 27 Oktober om 17:45 uur

 

Isto quer dizer que as aulas começam na próxima terça-feira, dia 27 de Outubro ás 17:45 horas.

 

Para a escola outra vez? Sim para a minha total integração na sociedade. E também para abrir mais umas portas de oportunidades numa altura que não está para brincadeiras.

 

Afinal a própria vida é uma escola. Aprendemos todos os dias.

 

publicado por Alvaro Faustino às 00:10
tags:

17
Out 09

É incerto, sem dúvida, mas também é previsível, conforme as atitudes que vamos tendo e percebendo dos outros. A soma disto tudo, leva-me a ter a sensação que o próximo ano será um tanto diferente e muito, muito incerto.

 

Portugal é o que se sabe com as últimas eleições e seu resultado. Um governo que não prima pelo diálogo e em minoria no parlamento. A oposição também é o que se sabe, faz aquilo que é mais fácil. Ser contra as medidas do partido no poder. Até poderá ser a medida mais correcta e justa, mas são contra por serem oposição.

 

Holanda está a ser "invadida" pelos novos países da União. As empresas estão com a confiança em baixo. Cada vez é mais difícil estar com um trabalho certo. E quem o perde, tem de concorrer com estes novos países que aceitam mais por menos. O governo está a começar a tomar medidas para combater a "invasão" destes países, tornando mais difícil a vida de quem já aqui estava.

 

A coisa boa que tenho a meu favor é a já legalização consumada á já algum tempo, mas neste momento estou preocupado com a chegada do final do meu contrato. três anos estão a acabar e vejo que a empresa não está a passar ninguém para os quadros. É difícil encontrar um bom trabalho, pago conforme o justo.

 

Sei também que noutros países europeus as coisas também não estão fáceis, pelo que tenho lido noutros blogues de emigrantes que tenho encontrado. É uma crise que já está a acabar, mas como disse um economista, só a iremos sentir socialmente depois dela passar, num momento que ninguém esperará, uma vez que será numa altura em que a economia estará a crescer.

 

É lutar pela vida, porque voltar ainda está fora de questão. Tracei um plano de vida neste lugar, quero cingir-me a ele o mais possível, porque o futuro no meu país, infelizmente, é mais incerto.

publicado por Alvaro Faustino às 22:23

12
Out 09

 

Cheguei a casa hoje mais cedo do trabalho. Liguei a televisão e nada estava a dar de interessante, até passar pelo canal Hollywood. Estava a começar o filme À Espera De Um Milagre (Green Mile). Sentei-me e assisti ao filme.

 

Triste, tocante, revelador. Bem lá no fundo. Representações inesquecíveis dos actores. Música a condizer. Um final terno e de perdão. Chorei. Chorei sem vergonha de o dizer. Como é possivel um condenado á morte, com culpa e sem, revolucionar o nosso pensamento. Existe muito mal no Mundo e existe o Milagre de Deus na Terra, um condenado á morte injustamente, mas que a recebe como uma benção.

 

Estou limpo, sinto-me bem, com forças recarregadas. Para quem já o viu e o sentiu como eu, sabe do que estou a falar.

Quem ainda não o fez, por favor façam-no. Não se arrependerão.

 

 

 

 

publicado por Alvaro Faustino às 19:56
sinto-me: renovado

07
Out 09

Outono? Qual Outono?

 

É ouvir a chuva a cair e a bater com força nas janelas. E o pior é que o tempo está de tal maneira carregado que me corta  o sinal da TV e não há nada para fazer a não ser estar para aqui a passear.

 

Ou fazer aquilo que a médica mandou...

publicado por Alvaro Faustino às 19:47

Sobre o nosso problema de infertilidade. Fomos hoje a mais uma consulta hospitalar e tivemos boas notícias. Não, ainda não é isso. Apenas o ciclo parece estar a voltar á normalidade, o que quer dizer que neste momento, as probabilidades de engravidar são as mesmas de qualquer outra pessoa saudável.

 

Conselho da médica:

praticar com frequência a técnica prática, natural e mundial de "encher o pipo".

 

 

publicado por Alvaro Faustino às 19:23
tags: ,

Com esta é que não contava. Então não é que a famosa, conhecida e usada NOZ MOSCADA poderá, em quantidades mínimas determinadas, causar alucinações, dores de cabeça, induzir ao vómito, etc. Querem ver que agora, e uma vez que a cannabis não é legal em Portugal, vão começar a fumar noz moscada? Ou mesmo dar-lhe um snife valente?

 

Quais coffes shops qual carapuça. A moda agora é chegar ao supermercado, comprar uma dose de noz moscada, pagar (não esquecer esta parte) e depois sentar-se num daqueles bancos que existem nos corredores, espetar com a saca no chão e calcá-la o mais possível e por fim enfiar a cabeça lá dentro e inspirar bem fundo. Depois é só gozar a trip e alucinar com os baixos preços que se praticam no país.

 

 

 

 

 

Brincadeiras á parte, o assunto até poderá ser mortal caso sejam usadas doses elevadas de noz moscada. Já houveram pessoas hospitalizadas por causa disso e que felizmente sobreviveram, outras nem por isso.

 

O que também me faz lembrar de outra coisa...

Cuidado maridos infiéis, porque vossas mulheres dispõem agora de uma nova arma, e não se esqueçam que são elas que cozinham. Geralmente.

publicado por Alvaro Faustino às 19:00
sinto-me: com uma trip

Outubro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
13
14
15
16

19
20
21
22
23
24

28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
comentários recentes
eu preciso trabalho se houver eu arrisco,,melhor q...
Boa tardeGostaria de tentar a minha sorte por lá t...
tem trabalho para mim moro no luxembourg mas gosta...
Ola alguém me pode ajudar a ter trabalho para ai p...
Que bom para si Ana. Pena não ter reparado na data...
Eu estou na holanda .Não trabalho porque não quero...
procuro trabalho na Holanda em estufas de flores p...
Gostaria de trabalhar em estufas na Holanda poi em...
quala é a empresa?
Boas, sou estudante e procuro trabalho no verão na...
blogs SAPO