Porque sem ele, não teríamos saído da Idade da Pedra. Com amor, respeito e opinião tudo se resolve, tudo evolui...

16
Abr 10

Não gostei muito da informação recebida á pouco em relação á tão falada erupção islandesa. Segundo os vulcanólogos que seguem o evento, as coisas não parecem acalmar tão cedo. Embora as autoridades digam que os aeroportos deverão abrir amanha por volta das 12:00, quer-me parecer pelo que li, que não será assim. Na melhor das hipóteses este fim de semana não há aviõezinhos a voar. Na pior delas, e digo desde já que não gostei nada desta hipótese, o espaço aéreo europeu poderá ficar fechado durante seis meses. Sim, SEIS MESES.

Agora vamos fazer umas contas: faltam sensivelmente quatro meses e meio para Agosto, certo?

As minhas férias e ida a Portugal serão em Agosto.

Ora se tudo ficar fechado durante seis, quer dizer que em Agosto ainda não haverá voos.

Tão a ver agora o GRANDE problema.

publicado por Alvaro Faustino às 20:42
sinto-me:

15
Abr 10

Pois é. Como já devem ter visto ou lido nas notícias, a nuvem produzida pela erupção na Islândia, está também a paralisar a Holanda. Não que ainda afecte a vida normal das pessoas, mas afectando e muito, a circulação aérea no país. Ora e nem de propósito, estou a trabalhar mais uma vez, ao lado do aeroporto de Schipol e foi-se notando ao longo do dia a diminuição da passagem de aviões até ao seu encerramento, embora a nuvem de cinzas ainda não fosse visível. 

Por isso está algum caos instalado nas auto-estradas e estações de comboios devido á procura de alternativas.

Mas no fim da escola, enquanto vinha para casa com a minha cara metade, na luz do crepúsculo já se notava a aproximação da mesma. Ela resolveu passar cá a noite, indo provocar com toda a certeza, ainda mais caos num aeroporto e espaço aéreo já de si lotados.

Vamos ver como será amanha!

 

publicado por Alvaro Faustino às 21:44
sinto-me: intoxicado lol

13
Abr 10

Cube House no centro de Rotterdam.

 

Antigo barco em exposição no Museu Marítimo de Rotterdam.

Foi neste local que nasceu o Porto de Roterdão.

 

O Porto de Roterdão é tão grande que tem de ocupar parte da cidade.

 

É giro ver estas coisas andar pelo meio dos prédios.

 

Movimento no rio, ao longe uma plataforma petrolífera nova a caminho do mar.

 

E para já chega, tenho de ir para a cama. Amanhã bem cedinho, ás 5:30 tenho de estar a entrar para o carro.

 

publicado por Alvaro Faustino às 22:10
tags:

Estava a ver que era desta que ia ter de pagar IRS aqui. Também aqui o défice é um pouco alto, nada comparado ao nosso português, mas mesmo assim cortaram muita coisa. Este ano o retorno é pequenino e não adianta nada dar-lhe Danoninhos.

A crise acabou, dizem eles. Acabou para eles, para nós continua por mais um tempo até eles, os causadores, terem recuperado o que perderam.

 

Não adianta estar em Portugal, na Holanda ou noutro qualquer país. Quando o tema de conversa é dinheiro, todos são iguais.

publicado por Alvaro Faustino às 22:02
tags: , ,

Não é só na Polónia que se chora a morte do seu Presidente. Aqui em plena Holanda, e alguns locais de Rotterdam, também se chora a sua morte.

Existe um grande número de polacos aqui que sentiram e não é por estarem longe da sua terra que não homenageiam o seu presidente. Em algumas igrejas vêem-se velas, flores, textos e fotos em sinal de tristeza pelos tempos difíceis que se avizinham no seu país.

Uma nação que vem chorado bastante. Os seus avós choraram pela 2ª Guerra, os seus pais pela duro comunismo soviético e agora a sua juventude chora pela perda dos representantes políticos, militares e económicos.

publicado por Alvaro Faustino às 21:53
tags:

Agora é que o tempo vai ser ainda menos para escrever neste espaço. Porquê? Porque a escola, na pessoa do professor, decidiu puxar mais por mim. É que segundo ele, o nível que estamos a estudar, que apenas serve para entrar na sociedade, deixa-me muito aborrecido. Reparado nisto, decidiu dar-me uma "prenda": um novo livro, um pouco mais difícil, para ir fazendo á medida da disponibilidade, enquanto se faz o normal. Fico contente, porque quero realmente aprender a língua a fundo, mas por outro o tempo para outras coisas fica mais apertado. Mas como se costuma dizer, sem trabalho não há ganho. O problema que se colocou na aula foi o porquê de eu ter direito a ter um estudo mais especial, enquanto os restantes teriam de se limitar ao método normal. Porque sou o que mais me esforço e tenho mais vontade de aprender.

publicado por Alvaro Faustino às 21:50

04
Abr 10

E estamos já na Páscoa e com isso já passaram quatro meses desde o inicio do ano. Ele é implacável e não espera por ninguém: o tempo lá vai dando as voltas ao relógio sem parar.

Mas enfim, só para desejar a todos uma Páscoa Feliz e deixem lá o cuidado com as amêndoas e comam á vontade.

publicado por Alvaro Faustino às 11:10

Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
14
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
comentários recentes
eu preciso trabalho se houver eu arrisco,,melhor q...
Boa tardeGostaria de tentar a minha sorte por lá t...
tem trabalho para mim moro no luxembourg mas gosta...
Ola alguém me pode ajudar a ter trabalho para ai p...
Que bom para si Ana. Pena não ter reparado na data...
Eu estou na holanda .Não trabalho porque não quero...
procuro trabalho na Holanda em estufas de flores p...
Gostaria de trabalhar em estufas na Holanda poi em...
quala é a empresa?
Boas, sou estudante e procuro trabalho no verão na...
blogs SAPO