Porque sem ele, não teríamos saído da Idade da Pedra. Com amor, respeito e opinião tudo se resolve, tudo evolui...

16
Jun 13

 

Numa cabana se encontra a perda, a dor e a morte e mais tarde na mesma cabana, o amor, alegria e perdão. Missy de 5 anos é a heroína silenciosa deste livro e depois de um fim de semana com os irmãos e o pai, perde a vida numa cabana ás mãos de um "serial killer".

O pai entra numa depressão imensa que dura 4 anos e ao fim desse tempo, num dia de Inverno e forte queda de neve, recebe uma carta escrita por... Deus.

Depois de muito pensar se seria uma brincadeira de mau gosto ou mesmo uma armadilha do assassino, decide mesmo assim encontrar-se com quem supostamente seria Deus. E eis a surpresa ao encontrar-se com a Santíssima Trindade e a aprendizagem do amor, perdão e dele próprio.

 

Este é um livro capaz de fazer correr lágrimas pelas faces dos mais sensíveis e alterar o espírito dos mais fortes. É um livro que toca no fundo da alma através da dor, mas também do amor. Ajuda a entender Deus e a sua obra. A vida e o perdão. E que oMundo dá muitas voltas e que o futuro é aquilo que Deus nos reserva, muito maior do que possamos imaginar. Engloba a família e os irmãos de Missy, que se mostram diferentes do que era habitual. Irá perceber o porquê. Engloba o próprio assassino e do acto de amor que o pai de Missy aprendeu nestes dias na cabana: o perdão. E acima de tudo, reencontra a pequena Missy e aprende o caminho para chegar a ela.

 

A história é verídica, contada através de um amigo da família. Se é real ou não, apenas a crença de cada um o dirá, mas independentemente da crença de cada um, o livro, as personagens e a história, fará abalar a fé mais forte e mais fraca. O final do livro revela uma surpresa até ao próprio personagem, culpa da relatividade do tempo ás mãos do Espírito Santo e que nos coloca a dúvida. Mais uma vez não há provas nem certezas, apenas histórias e relatos de acontecimentos que na mente de quem os passa são reais, dos que ouvem e lêem serão aquilo que o próprio entender mediante a sua fé. Uma coisa é certa, a Missy é encontrada pelo pai e pela polícia. 

Mais não conto, cada um que tire as suas ilações depois da leitura.

 

Boas leituras.

 

publicado por Alvaro Faustino às 16:49

04
Jun 13

 

 

O Manuscrito Encontrado em Accra de Paulo Coelho, foi esperado ansiosamente e verdadeiramente correspondido ás minhas expectativas. De fácil leitura, conta-nos a conversa dada por Copta, um grego exilado em Jerusalém em vésperas de uma batalha contra os Cruzados. Homens, mulheres e religiosos de todos os credos ouvem atentamente as suas palavras e o seu conselho para que os acontecimentos não sejam esquecidos pelo tempo. É assim que nos chega neste ano de 2013 a história deste manuscrito que relatam os acontecimentos passados em 1099.

 

Um livro que transmite força ao longo dos vários temas que aborda. Vida e morte, derrota e medo, perda e solidão, lealdade e fé, amor e futuro e que, tal como é comum neste autor, tem muitas frases dignas de figurarem como parábolas dos grandes filósofos gregos, aliás, uma das principais razões de me apaixonar por suas obras. É um livro digno de ser estudado, tal é a riqueza de pensamentos sobre princípios de vida e da Humanidade. Para quem gosta deste tipo de livros mais filosóficos é de leitura obrigatória e um óptimo presente para quem está a passar pelas batalhas, lutas ou períodos mais difíceis na sua vida.

Um livro para se ler sozinho, na calma da noite, à baixa luz do candeeiro para que consiga absorver bem as palavras, conselhos e ensinamentos deste Copta de 1099, em Jerusalém, em vésperas do que provavelmente terá sido a sua morte e a luta daquele povo.

 

"Os derrotados são aqueles que não fracassam. A derrota faz-nos perder uma batalha ou uma guerra. O fracasso não nos deixa lutar."

"A derrota surge quando não conseguimos algo que queremos muito. O fracasso não nos permite sonhar."

"A derrota tem um final quando nos empenhamos num novo combate. O fracasso não tem final: é uma escolha de vida."

 

Boas leituras pessoal.

publicado por Alvaro Faustino às 21:02

Junho 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
comentários recentes
eu preciso trabalho se houver eu arrisco,,melhor q...
Boa tardeGostaria de tentar a minha sorte por lá t...
tem trabalho para mim moro no luxembourg mas gosta...
Ola alguém me pode ajudar a ter trabalho para ai p...
Que bom para si Ana. Pena não ter reparado na data...
Eu estou na holanda .Não trabalho porque não quero...
procuro trabalho na Holanda em estufas de flores p...
Gostaria de trabalhar em estufas na Holanda poi em...
quala é a empresa?
Boas, sou estudante e procuro trabalho no verão na...
blogs SAPO