Porque sem ele, não teríamos saído da Idade da Pedra. Com amor, respeito e opinião tudo se resolve, tudo evolui...

16
Fev 06

badday5.jpg


Quando vejo esta imagem até me arrepio, ai os meus. E eu ainda digo que o meu dia corre mal, ufa.


Mas isto não é nada em relação ao estado do nosso país, o que Portugal precisa é de ter os ditos cujos no sítio e começar a pensar em arriscar. Atenção é preciso arriscar a favor das pessoas e não contra elas, pois para arriscar para que o país ande para a frente é preciso ter coragem.


Precisamos de investir em indústrias modernas, temos de deixar de dar apoios aquelas empresas de calçados e meias, que procuram ganhos fáceis (não quero dizer que sejam todas) e investir em empresas que tragam qualificação de mão de obra. Deixem-se de OTA's e TGV's, Portugal é pequeno para ter tantas linhas de TGV e um aeroporto de semelhantes dimensões. Somos um país pequeno, que poderia muito bem ter um bom controlo das finanças, vejam os casos da Bélgica, Holanda, Luxemburgo; etc. Estes países são pequenos e têem um bom controlo das finanças, não andam de TGV como nós queremos andar, boas escolas e hospitais, uma malha de indústrias de meter inveja. E nós só nos queixamos que não temos dinheiro. CHEGA. Eu acho que se governa melhor uma casa pequena, com uma familia pequena, do que se fosse uma grande mansão, com muitas pessoas a lá viverem. Pois bem, Portugal é essa casa pequena mas que tem gastos de uma mansão. Para quem vai esse dinheiro, Para mim não é, infelizmente não tenho nenhum amigo ou familiar que seja politico.


Vivemos num país que paga a jovens para ficarem em casa (rendimento minimo) e temos idoso a viverem de pouco mais de 200€ de reforma. E o governo ainda tem a lata de dizer que daqui a uns anos não terá dinheiro para pagar-me a minha reforma de 200€. Como é que eles sabem? Planeiam gastar todos os descontos que faço em quê? Quanto é que eles ganham de reforma's? Provavelmente mais do que ganho a trabalhar um ano inteiro.


José Saramago escreveu um livro em que pergunta o que aconteceria se nenhum português votasse, se ganhasse aquele partido "votos em branco"?


Desculpem-me os lutadores do 25 de Abril, mas assim não dá vontade de votar em ninguem, não preciso dessa liberdade para meter lá pessoas que só atrasam o país. Todos eles dizem isto e aquilo e quando chegam lá, nada.


Uma dica, enquanto Portugal pensar como um português não vamos a lado nenhum, temos de pensar como um europeu. Afinal vivemos numa comunidade que mais tarde ou mais cedo será uma federação de estados. E porque não?


Parabéns a todas as empresas que investiram ainda mais neste país, que se modernizaram, deram formação profissional aos seus colaboradores e não têem medo de se expandir e apostar nas vendas em outros mercados.

publicado por Alvaro Faustino às 11:35

Verifico que andas péssimista. Claro que não são mentiras o que referes neste artigo,mas são verdades que nos entram todos os dias pelos olhos no telejornal. Para te animares e a quem te visite dá uma festa, que é como quem diz coloca aí umas coisas que te façam rir e a nós também.Vais ver que de repente o teu astral melhora.ciloca
(http://cidaliasantos.blogs.sapo.pt)
(mailto:cmos_60@hotmail.com)
Anónimo a 20 de Fevereiro de 2006 às 20:01

Fevereiro 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
17

20
22
23
25

26
27
28


mais sobre mim
pesquisar
 
comentários recentes
eu preciso trabalho se houver eu arrisco,,melhor q...
Boa tardeGostaria de tentar a minha sorte por lá t...
tem trabalho para mim moro no luxembourg mas gosta...
Ola alguém me pode ajudar a ter trabalho para ai p...
Que bom para si Ana. Pena não ter reparado na data...
Eu estou na holanda .Não trabalho porque não quero...
procuro trabalho na Holanda em estufas de flores p...
Gostaria de trabalhar em estufas na Holanda poi em...
quala é a empresa?
Boas, sou estudante e procuro trabalho no verão na...
blogs SAPO