Porque sem ele, não teríamos saído da Idade da Pedra. Com amor, respeito e opinião tudo se resolve, tudo evolui...

20
Fev 09

 

 

Não só em Portugal se fala de crise financeira. Também aqui na Holanda se receia um pouco esta crise que se abateu no Mundo e na nossa Europa. Estas são as piores previsões para este ano. O que nos vale é que esta economia é mais dinâmica e ajusta-se mais rapidamente ás novas realidades.

 

A economia holandesa deve encolher 3,5% este ano. Esta é a previsão divulgada pelo Centraal Planbureau (CPB - Escritório Central de Planejamento). Uma recessão assim não ocorria na Holanda desde a crise econômica nos anos 30 do século passado.

As cifras são piores do que se previa. Há dois meses o CPB contava com um encolhimento da economia de 0,75%, mas a crise econômica e a recessão bateram mais forte do que se esperava. Para o próximo ano o CPB prevê um encolhimento de 0,15%, enquanto a previsão anterior era de crescimento da economia em 2010.


Os analistas ainda acreditam que o desemprego chegará este ano a 425 mil pessoas e no ano que vem a 675 mil - números bastante significativos num país que tem dezessete milhões de habitantes, dos quais cerca de oito milhões na ativa - respectivamente, 5,5% e 8,75% dos trabalhadores.

 

O primeiro ministro Jan Peter Balkenende, que estará em visita oficial ao Brasil no início de março, comentou que o desemprego é a previsão mais ‘dolorosa' no relatório do Centraal Planbureau. Ele disse que haverá o máximo possível de incentivos para ajudar na capacitação destes trabalhadores para recolocá-los no mercado de trabalho.

"Todos têm que colaborar. Achar que o governo pode resolver sozinho o problema é uma ilusão", afirma o premier, que acredita que apenas medidas de curto prazo não serão suficientes e que a própria estrutura econômica tem que ser reforçada.

O Centraal Planbureau ainda previu um corte de 3% no orçamento este ano e de 5,5% em 2010.

Já o poder de compra do holandês ainda se mantém, em média, bom. Ele deve aumentar este ano em 2,25% e permanecer o mesmo no ano que vem.

 

Conclusões do Centraal Planbureau:

- A economia holandesa encolhe este ano 3,5%

- O desemprego chega este ano a 425 mil (5,5%)

- No ano que vem, o desemprego chega a 675 mil (8,75%)

- O orçamento do governo diminui 3%

- No ano que vem, o orçamento diminui 5,5%

- O poder de compra médio aumenta em 2,5%

- Em 2010, o poder de compra permanece igual a 2009

 

In: http://www.parceria.nl/Holanda/

publicado por Alvaro Faustino às 21:27
sinto-me: atento

Face ao que se tem visto ultimamente desconfio de todas as previsões. Começa até ser mais fácil acreditar num professor Bambo do que em qualquer economista...
kruzeskanhoto a 20 de Fevereiro de 2009 às 23:24

Também acho isto das previsões muito, como dizer, "ordenadoras", daquilo que fazemos na vida. Desde o dinheiro que gastamos, passando por alguns investimentos que queiramos fazer, ao ler estas, ou outras previsões, leva-nos a que fiquemos em casa sem gastar um tostão. Ora se o dinheiro não circula, fica estagnado. Ou pior, começa-se a retira-lo do mercado, o que faz com que as economias entrem em recessão. Penso que em vez de ajudarem, faz que tenhamos mais medo de andar para a frente.
Alvaro Faustino a 21 de Fevereiro de 2009 às 12:10

Fevereiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

16
18
19

23
24
26
27
28


mais sobre mim
pesquisar
 
comentários recentes
eu preciso trabalho se houver eu arrisco,,melhor q...
Boa tardeGostaria de tentar a minha sorte por lá t...
tem trabalho para mim moro no luxembourg mas gosta...
Ola alguém me pode ajudar a ter trabalho para ai p...
Que bom para si Ana. Pena não ter reparado na data...
Eu estou na holanda .Não trabalho porque não quero...
procuro trabalho na Holanda em estufas de flores p...
Gostaria de trabalhar em estufas na Holanda poi em...
quala é a empresa?
Boas, sou estudante e procuro trabalho no verão na...
blogs SAPO