Porque sem ele, não teríamos saído da Idade da Pedra. Com amor, respeito e opinião tudo se resolve, tudo evolui...

27
Dez 12

E esta é a segunda vitima da minha "sede", A Mão do Diabo de José Rodrigues dos Santos.

 

 

 

Não se deixem enganar pela espessura do livro. É uma obra que se lê rapidamente e afincadamente do principio ao fim em poucos dias. As explicações económicas para a crise são verdadeiras, mas o que a torna interessante, são as razões politicas hipotéticas colocadas pela história ao longo do livro. Aliás, as "segundas palavras" estão bem explicitas na Nota Final do livro. Embora faltando a explicação de como se financiam os bancos e governos europeus, as que foram dadas são verdadeiras e encaixam-se perfeitamente na realidade da crise. Os problemas do Euro desde a sua fundação, a revelação dos verdadeiros mentores do Euro, o porquê da participação activa da Alemanha no controle da moeda, devido a razões históricas. A realidade grega e portuguesa no seio da crise. Mas também temos o depois, o futuro da UE e do Euro também se encontram na história... e claro, os problemas encontrados nestes planos futuros.

 

Para uma compreensão histórica e de factos da crise, para um vislumbre do futuro na Europa, misturado com os problemas pessoais do nosso herói e da comunidade, o romance e o mistério... Sem dúvida a não perder. É uma sopa histórica, veridicamente nutritiva que nos esclarece e ficcional com romance, mistério e acção que nos leva a sonhar. Mais uma vez, o autor leva-nos a uma história com acção, mistério e romance com factos históricos incluídos na pele da personagem de Tomás Noronha, tal como é seu costume.

 

Infelizmente, este era outra obra para a temporada de 2013... que não chegou ao fim de 2012.

publicado por Alvaro Faustino às 14:09

Estou com o mesmo "problema". Comecei o livro à dois dias e quer-me parecer que já não faltam dois dias para o acabar. Efectivamente, muitos dos factos económicos descritos neste livro tem uma função pedagógica. Mais não seja o interligar de muitas noticias soltas que se vão ouvindo e que achávamos que não tinham ligação. Vale a pena ler.
Magda L Pais a 27 de Dezembro de 2012 às 19:30

Deveria ser de leitura obrigatoria para a compreensão da crise em que estamos. Andamos a atirar pedras uns aos outros sem que o problema esteja compreendido.

Curiosamente ainda ontem comentei com uma amiga minha exactamente isso. Que este livro, mais que um romance, é um manual para entendimento da crise e das razões históricas e económicas que nos trouxeram ao estado que estamos e que deveria ser de leitura obrigatória por todos
Magda L Pais a 28 de Dezembro de 2012 às 11:43

Pois este é o livro de ja te tinha falado a dizer que gostava de ler.....jinhos!!!!
Vera a 31 de Janeiro de 2013 às 04:06

Dezembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
12
13
14
15

16
17
18
21
22

23
24
25
26
28
29

30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
comentários recentes
eu preciso trabalho se houver eu arrisco,,melhor q...
Boa tardeGostaria de tentar a minha sorte por lá t...
tem trabalho para mim moro no luxembourg mas gosta...
Ola alguém me pode ajudar a ter trabalho para ai p...
Que bom para si Ana. Pena não ter reparado na data...
Eu estou na holanda .Não trabalho porque não quero...
procuro trabalho na Holanda em estufas de flores p...
Gostaria de trabalhar em estufas na Holanda poi em...
quala é a empresa?
Boas, sou estudante e procuro trabalho no verão na...
blogs SAPO