Porque sem ele, não teríamos saído da Idade da Pedra. Com amor, respeito e opinião tudo se resolve, tudo evolui...

07
Jan 09

Depois de muito trabalho árduo durante uma noite em claro, aqui está o resumo  desta maravilhosa viagem á Suíça, onde passamos os últimos e primeiros dias de um ano, na companhia da nossa familia e do seu novo rebento.

 

Logo chegados a Geneva notou-se o frio e o gelo tipico desta altura do ano e daquela região. Nada que a gente não estivesse á espera ou habituados. Passeamos por Lausanne, Renens e Morges, caminhamos pelos parques e ruas destas cidades e tiramos também algumas fotos. E aqui fica uma curiosidade: sabiam que a pista do aeroporto de Geneva faz a fronteira com a França. Estando na pista e olhando para o terminal, vemos a Suíça, do outro lado temos a França. Um pé e estamos num país, um saltinho e estamos noutro. Outra coisa que nos chama a atenção é a quantidade de portugueses que encontramos nas ruas e lojas, em lazer ou trabalho.

 

 

Centro de Lausanne, onde me fez lembrar o Porto

 

Entrada da Catedral de Lausanne

 

O seu interior visto da entrada, ao fundo o altar principal

 

Adorei este pormenor quando me virei para trás, para o coro.

Adoro o som destes orgãos.

 

Uma vez que chegamos de camioneta, resolvemos voltar de comboio a Renens.

Aqui, a estação de Lausanne

 

De Lausanne para Morges, com a bébé emprestada.

 

Um palácio mesmo antes de entrar pelo parque de Morges.

 

Vista da janela do apartamento onde ficamos.

 

Só nos faltou visitar Geneva e as montanhas, mas a presença de um lindo bébé de dois meses, cortou-nos a liberdade de passear por onde queriamos devido ao frio e á neve, que entretanto começou a cair. No meio da passagem de ano e das brincadeiras que fomos fazendo, o tempo foi passando até ao dia de voltarmos para casa. Mas tivemos direito a mais um dia. Devido á neve que começou a cair um pouco por toda a Europa, como viram nas noticias, foram obrigados a cancelar os voos para e de alguns aeroportos, o que nos deu mais um dia de férias. Mas o problema foi resolvido e no dia seguinte cá estavamos outra vez em terras holandesas. Que mais uma vez, á nossa chegada nos brindou com neve e frio.

 

Fiquem com o resumo da viagem.

 

 

 

publicado por Alvaro Faustino às 10:53
sinto-me: regressado

Junho 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

posts recentes

Passagem de Ano 2008/2009

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
comentários recentes
Ola preciso de trabalho para a mulher se souberem ...
eu preciso trabalho se houver eu arrisco,,melhor q...
Boa tardeGostaria de tentar a minha sorte por lá t...
tem trabalho para mim moro no luxembourg mas gosta...
Ola alguém me pode ajudar a ter trabalho para ai p...
Que bom para si Ana. Pena não ter reparado na data...
Eu estou na holanda .Não trabalho porque não quero...
procuro trabalho na Holanda em estufas de flores p...
Gostaria de trabalhar em estufas na Holanda poi em...
quala é a empresa?
blogs SAPO